Videonasofibrolaringoscopia

Videonasofibrolaringoscopia

Sobre o exame de Videonasofibrolaringoscopia

A videonasofibrolaringoscopia é um procedimento utilizado para examinar as estruturas da cavidade nasal, da faringe e da laringe utilizando um endoscópio flexível de fibra óptica.

Esse tipo de exame é frequentemente realizado por um otorrinolaringologista na INOF para diagnosticar e avaliar condições como sinusite, pólipos nasais, desvios de septo, inflamações na garganta, nódulos nas cordas vocais, entre outros problemas nas vias respiratórias superiores.

Durante o procedimento, o médico insere aparelho de fibra ótica endoscópica flexível de pequeno diâmetro que é introduzida pela abertura do nariz e progride até a garganta para visualização desde a fossa nasal até a laringe. Uma câmera acoplada ao endoscópio transmite imagens para um monitor, permitindo que o médico avalie as condições das vias aéreas superiores em tempo real e, se necessário, tome medidas diagnósticas ou terapêuticas adequadas. Com esta visualização o profissional pode identificar as estruturas que compõem a cavidade nasal, faringe e a laringe com seu movimento durante a respiração e na produção da voz.

Esse exame é considerado seguro e geralmente bem tolerado pelos pacientes.

No nariz e na rinofaringe é observado desvios do septo nasal, o aumento das conchas nasais, o aumento da adenoide nas crianças (“carnes esponjosas”), a obstrução da tuba auditiva, os sinais de alergia nasal, a presença de secreções, sinusite, polipose nasal, tumores como angiofibroma e até tumores malignos. Na faringe observa-se o tamanho das tonsilas palatinas (amígdalas), faringite, o tamanho da tonsila lingual e a presença de tumores.

A critério do médico solicitante, pode-se aplicar nesta região uma manobra de esforço respiratório, ou Manobra de Müller, para observar o grau de fechamento ou colapso das paredes da faringe, simulando o que pode ocorrer durante o ronco, na Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono.

Na laringe observa-se as pregas vocais (cordas vocais) e a presença de nódulos (calos), pólipos, edemas, cistos, fendas, tumores benignos, tumores malignos, paralisias, granulomas e podemos observar sinais inflamatórios característicos da ocorrência de Refluxo Gastroesofágico.

A Videonasofibrolaringoscopia está indicada na avaliação de pacientes com queixa de obstrução nasal, respiração mista oro-nasal, sintomas de alergia respiratória como espirros, prurido e coriza, além de pacientes com secreção oro-nasal, sangramento nasal, dor de cabeça, tosse e alterações do sono como ronco e sufocamento / apnéia (parada respiratória obstrutiva).

A Videonasofibrolaringoscopia ainda está indicada na avaliação da faringe e laringe em pacientes com queixa de dor de garganta frequente, amigdalite de repetição, aumento do volume das amígdalas, alteração da voz, rouquidão, pigarro, tosse crônica, refluxo (sensação de “bolo” na garganta), engasgo, tabagistas e na avaliação ocupacional dos profissionais da voz, como professores e operadores de telemarketing, pastores e cantores.

Este exame pode ser realizado em qualquer idade e não necessita preparo. O exame é realizado e gravado em mídia digital. O paciente e o médico solicitante recebem tanto o relatório quanto a gravação do exame, facilitando assim o planejamento para o melhor tratamento a ser realizado.

Agende sua consulta
sem sair de casa

INOF – Instituto de Otorrinolaringologia e Fonoaudiologia

Otorrinolaringologia

Conheça todos os exames e cirurgias de Otorrinolaringologia fornecidos pelo INOF.



Conheça os exames de Otorrinolaringologia

Videoendoscopia da Deglutição

A deglutição é um mecanismo automático que nos acompanha desde a vida fetal. Ela pode ser tanto involuntária quanto voluntária e consiste no ato de levar o conteúdo da boca até estômago.

Videolaringoscopia e Videolaringoestroboscopia

Estes exames são realizados através do uso de um aparelho de ótica endoscópica rígida posicionada na boca. O endoscópio permite uma visualização ampliada da região da laringe.

Videonasofibrolaringoscopia

É um exame diagnóstico no qual se utiliza um aparelho de fibra ótica endoscópica flexível de pequeno diâmetro que é introduzida pela abertura do nariz e progride até a garganta para visualização desde a fossa nasal até a laringe.

Conheça as cirurgias de Otorrinolaringologia

Cirurgia das Amígdalas e/ou Adenóide

No passado, a cirurgia das amígdalas e/ou adenóide era bastante comum para doenças envolvendo as amígdalas e adenóide.

Cirurgia do Nariz e dos Seios Paranasais

A cirurgia do nariz e dos seios paranasais pode ser indicada para melhorar a respiração, eliminar infecção ou remover um tumor.

Cirurgia do Ronco e da Síndrome da Apnéia Obstrutiva do Sono – SAOS

A SAOS é uma doença muito prevalente, caracterizada por episódios repetitivos de colapso das vias aéreas superiores, completo ou parcial.

Rinoplastia

No passado, a cirurgia das amígdalas e/ou adenóide era bastante comum para doenças envolvendo as amígdalas e adenóide.